Últimos Comentários:

Mickael (eu faço tudo erra…): Me identifico , eu so faço tudo errado. :/
emilli (O que eu estou se…): eu sinto sosinha eu sinto que ninguem gosta de e s…
Sílvia (O que eu estou se…): Amei!!!!
chica véia (não tente me muda…): kkkk
JOSE (não tente me muda…): UM AMOR ASSIM É IMPOSSÍVEL;INEFÁVEL. É PENSAR QUE …
Tayse (porque você gosta…): ameii
janderson (O último dia na t…): eu espero que o ultimo dia na terra nao seja 2012. …
rafaela (porque você gosta…): gostei
muitaa musica (bl… (porque você gosta…): por favor, participem do meu blog: www.yymui…
amanda (parabéns): fghrçhghlaiieftttttt

Rascunhos:


Sistema:

Powered by Pivot - 1.40.8: 'Dreadwind'
XML: RSS Feed
XML: Atom Feed

Licença Creative Commons

 
 


memórias



Ando sozinho a cada dia
nesse trajeto sob as estrelas e a Lua de Prata,
com os olhos cheios de carinho.

Canto uma canção pra aliviar a saudade;
Fecho meus olhos e me perco em sorrisos,
sorvetes, caretas, olhares e abraços.

Tocar a sua sua pele despida.
Me tornar seu mestre e seu escravo.
A vida, e seus desencontros...

Agora, fora da estrada, memórias.
Já não mais escrevo versos felizes.
Das mãos desse poeta, os lábios da vida, morre.



oiiii td bem?
mto lindo
adorei
bjussssss

luana - 28 Janeiro '06 - 12:57

O poeta como a cadência não pode morrer jamais, senão acaba toda a beleza da vida expressa da forma mais linda e sutil. Viva e morra na poesia poeta, é nessa oscilação que a vida nos dá que escrevemos certo por seus caminhos tortos. Valeu por mais um toque de cor com suas belas palavras.

Manu - 01 Fevereiro '06 - 09:40

podexa manú!

metal (URL) - 03 Fevereiro '06 - 12:28

  
Relembrar suas informações pessoais?

Emoticons / Textile

Estou evitando spammers. Responde aí pra comentar:
 

  (Registrar seu Nome de Usuário/Login)

Notificar:
Ocultar email:

Aviso: Todas as marcações HTML, exceto <b> and <i> serão removidas do seu comentário. Você pode escrever links simplesmente digitando a URL ou endereço de e-mail.